quarta-feira, 3 de outubro de 2012

B.O.B. - Bug Out Bag

B.O.B. - Bug Out Bag

Em uma situação de evacuação ou espera por resgate, é essencial que o sobrevivente possui meios de se manter bem ao menos nos primeiros momentos da crise em que está. Com isso em mente, muitos sobrevivencialistas montam um kit conhecido como Mochila de fuga ou BoB: Bug-out-Bag. Esse kit consiste em uma bolsa ou mochila que contêm itens essenciais para a sobrevivência e um mínimo de bem estar durante 72 horas (ou seja: 3 dias). Tendo isso em mente que itens você selecionaria para sua mochila de fuga? A lista de itens a serem carregados varia de acordo com as necessidades de cada indivíduo e ao cenário de crise que ele está submetido, mas ainda há alguns princípios que norteiam a construção deste tipo de kit e é sobre isso que este artigo ira tratar.


Conceito

Como dito acima, a mochila de fuga contêm itens para sua sobrevivência e comodidade por 72 horas. Seguindo a regra sobrevivencialista dos "3", sabemos que as primeiras preocupações serão com saúde, abrigo, hidratação e alimentação. Em seguida seu kit deve ajudá-lo na construção de um abrigo, criação de fogo, sinalização dentre outros. Logo é importante contar com itens e ferramentas para cada uma dessas necessidades.

Ao escolher os itens de sua mochila, dê preferência aos itens que tenham múltiplas funções, sejam compactos, leves, resistentes e, principalmente, funcionais.

Note que alguns destes itens talvez já existam em seus EDCs, mas serão citados por sua relevância. os itens de EDC não citados abaixo, ainda assim podem ser somados ao BoB como celular, carteira, etc.


A mochila

Embora frequentemente mencionado o uso de uma mochila, o container do kit (ou seja o que vai "conter" o kit) pode ser também uma bolsa ou mala. Os principais critérios para a escolha do container são o espaço de armazenamento, a resistência, o quão discreta ela é e o nível de facilidade de deslocamento com ela.

Outros itens ainda podem ser levados em conta como impermeabilidade, distribuição inteligente de bolsos, segurança da bolsa e etc, mas são quesitos secundários e não são o foco para a escolha da mochila ou bolsa.
 

Saúde

Kit de primeiros socorros: Item essencial para pequenos problemas de saúde como dores, inflamações ou pequenos machucados.

Itens de higiene: Escova e pasta de dentes, sabonete, desodorante. é importante se manter limpo para evitar possíveis complicações.

Roupas extras: Pelo menos um conjunto de roupas extras, guardadas em um plástico para mantê-las limpas e secas. isso é importante para a manutenção da temperatura corporal, para se manter seco e protegido contra insetos.

poncho ou cobertor de emergência: Também para lidar com a manutenção da temperatura.


Abrigo

Lona: um pedaço de lona de tamanho razovel pode ocupar um espaço mínimo se for bem dobrado. A lona pode ser usado para se montar um abrigo provisório, dentre outras funcionalidades.

Corda: outro item que pode ser guardado em grandes quantidades ocupando um espaço mínimo. A corda pode ser usada para a criação do abrigo provisório e outras utilidades.

Mosquiteiro: muito usada no norte e no nordeste, são redes finas usadas para impedir a passagem de mosquitos e outros insetos.
 

Hidratação

2 litros de água por pessoa por dia: Se for possível, também é interessante ter pelo menos 1 litro a mais para limpeza.
Container para água: Pode ser um cantil, garrafa, saco plástico, camisinha não lubrificada ou outros equipamentos que permitam carregar água.
Purificação de água: Tenha a mão meios de purificar a água, como filtros de papel ou tecido, pastilhas de cloro, água sanitária, etc.


Alimentação

Comida rápida: Barras de cereais, comida desidratada, liofilizada ou qualquer alternativa que possa ser guardada ocupando pouco espaço e que possa nutrir suficientemente.
Kit de cozinha: Existem versões de acampamento de kits pequenos com panelas, talheres e até pequenos fogareiros a gás que podem dar um pouco mais de liberdade e conforto ao preparar alimentos.
 

Sinalização

Apito: O apito tem uma função importante para a sinalização de ajuda. um exemplo claro é mostrado no filme Titanic, quando a Rose usa o apito para chamar o bote de resgate, uma vez que ela não conseguia gritar.

Espelho/laser: Função similar a do apito, este gera uma sinalização visual usando a luz do sol (espelho) ou uma luz artificial (podendo ser um laser, lanterna, fogo, etc).

Sinalizador específico: Seja em forma de fogo de artifício, gerador de fumaça colorida ou lampada elétrica, também servem para indicar sua posição.
 

Utilitários

Por fim, há outras ferramentas que devem ser levadas em consideração para tarefas em geral nessas 72 horas:

Criação de fogo: Um isqueiro, vela, lente de aumento, pederneira, barra de magnésio, iscas para fogo (como tiras de tecido ou borracha) e etc.

Multi-ferramenta: uma multi-ferramenta, seja uma gerber, um canivete e etc pode auxilia-lo nas múltiplas tarefas que possam surgir.

Faca/canivete: O importante aqui é você possuir uma lâmina principal que lhe permita realizar cortes sem maiores dificuldades. também pode ser usada como arma se necessário.

Lanterna: para gerar luz durante a noite além da função já citada acima de sinalização.

Rádio: é importante se manter informado e uma forma prática em caso de emergências envolvendo toda uma região é ficar antenado nas transmissões de rádio.

Mapa Local: para o planejamento de rotas e o mesmo já pode conter anotação como pontos de encontros marcados previamente, locais seguros, etc.
 

Particularidades

Não considere a lista de itens acima como uma lista perfeita e completa para toda e qualquer situação. Ela é apenas um guia geral de exemplos dentro das categorias essenciais do kit citadas acima.

Ao montar seu kit, leve em consideração suas necessidades pessoais. Se você tem asma ou alguma outra doença que precise de remédios frequentes, lembre-se de incluí-los. Se você for médico, seu kit de primeiros socorros pode ser maior, ou menor! Ou seja: analise suas reais necessidades antes de montar seu BoB e então mãos a obra.

O BoB deve já estar armazenado e pronto para o caso de você precisar usá-lo. Sendo assim monte-o e guarde-o assim que possível. Se preferir você pode ter um BoB em casa, outro no carro, outro no trabalho e etc para estar preparado para uma possível evacuação onde você estiver.

Considere também que múltiplos BoB podem ter tamanhos diferentes e serem constituídos de itens diferentes. Um BoB que você carregue consigo, deve ser pequeno e leve, enquanto um que permaneça no carro pode ser maior e mais pesado.

Esteja sempre alerta.....Dias dificeis estão por vir, não serpa o fim do munda mas as dificuldades certamente ao de vir de uma forma ou outra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário