sábado, 8 de dezembro de 2012

DESARMAMENTO DA POPULAÇÃO - ERRO DO ESTADO

Quando os Desarmamentistas dizem que:

“algumas pessoas e grupos se aproveitam da atual onda de crimes para gritar aos quatro ventos que devemos nos armar e sair matando os criminosos e os desafetos para sermos felizes”....E outras ideias do gênero. Enfim....

Ocorre que a violência não vem deste momento, vem desde 1990, ou antes, porem nosso clamor não é “o ter” uma arma e matar os desafetos e sim ter o DIREITO de escolha, EU CIDADÃO, quero ter o direito de escolha se posso, devo ou não ter uma arma, e não o ESTADO fazer isto por mim, baseado nos seus próprios interesses e valores.

Para que os Desarmamentistas tenham uma visão mais realista façam um exercício de reflexão:
 
Um plebiscito que pedisse para o cidadão votar sobre a legalidade de se poder viajar de um estado a outro ou cidade a outra, fosse necessário que se tirasse um passe de viagem a cada vez que este cidadão fosse viajar. A votação LOGICAMENTE seria rejeitada no todo dai o estado a seu próprio critério faria valer a lei e todo cidadão deveria tirar os passes para viajar, E ai como você cidadão veria seus direitos??? Você não lutaria por seus direitos?
 
Pois é é assim que nos vemos os nossos direitos.

QUEREMOS TER O DIREITO DE ESCOLHA, E NÃO QUE O ESTADO O FAZER POR MIM EU TENHO COMPETÊNCIA ÉTICA E MORAL E O LIVRE ARBÍTRIO PARA PODER DECIDIR O QUE EU QUERO PARA MIM . E VOCÊ QUER?

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário